Inscrição
Você adicionou a sua lista de inscrição.
Acrescentar outra inscrição! Prosseguir a inscrição!
X

Contato:

Aguarde, enviando contato!

Espaço Konsenti - Clínica de Psicologia, Psiquiatria e Coaching

Rua Alberto Folloni, 1088 | Curitiba | +55 (41) 3117-4546
☰ MENU

O que fazer com o ciúme?

Sentimentos relacionados ao ciúme estão presentes na maioria das relações, especialmente nas afetivas.

|| Por Admin Work Control

|| dia

|| em Blog

O que fazer com o ciúme?

Quando estamos envolvidos com uma pessoa e, de alguma forma, percebemos algum tipo de ameaça a este relacionamento, várias outras emoções acabam vindo à tona, como tristeza, raiva, decepção, frustração, entre outras.

Geralmente, quando um dos membros do casal fala sobre ou demonstra algum tipo de ciúme, isto é visto como algo muito negativo e que, possivelmente pode gerar discussões ou até grandes conflitos. Quantos relacionamentos ao nosso redor acabam extremamente prejudicados por essas questões as quais, inclusive, distanciam as pessoas e levam ao término da relação.

Mas será que precisa ser assim? O ciúme, assim como todas as outras emoções, possui uma função, ou seja, não surge do nada à toa. Isto também não quer dizer que sentir ciúme é um indicativo definitivo de que existe uma causa real para isso, mas sim que essa sensação pode acabar vindo como um alerta de que o relacionamento pode estar insatisfatório por vários motivos, independentemente de a questão estar relacionada ou não a uma possível infidelidade.

Pensar dessa maneira pode acabar ajudando as pessoas a não se sentirem tão inadequadas quando identificam que estão sentindo ciúmes de alguém. Apesar de não ser agradável, é uma emoção como qualquer outra e escolher aceitar e lidar com isso de uma maneira saudável acaba sendo muito mais tranquilizador do que problematizar ou julgar tal sentimento.

 

Carolina M. F. Ikeda

Psicóloga 

CRP 08/21230

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Olá , deixe seu comentário para O que fazer com o ciúme?

Enviando Comentário Fechar :/