Inscrição
Você adicionou a sua lista de inscrição.
Acrescentar outra inscrição! Prosseguir a inscrição!
X

Contato:

Aguarde, enviando contato!

Espaço Konsenti - Clínica de Psicologia, Psiquiatria e Coaching

Rua Alberto Folloni, 1088 | Curitiba | +55 (41) 3117-4546
☰ MENU

O "segredo" das famílias felizes!

Qual é o segredo das famílias felizes? Existe segredo para a felicidade familiar ou de casal?

|| Por Admin Work Control

|| dia

|| em Blog

O "segredo" das famílias felizes!

A resposta é SIM, é possível identificar um componente diferencial que se torna o divisor entre as famílias que apresentam mais ou menos problemas de relacionamento. Esse diferencial é o ELOGIO!

“Ele lavou a louça, mas não fez mais que a sua obrigação!” “Tirou notas boas? É o mínimo para quem só estuda e não trabalha” ; “Ela preparou o jantar? Mas fez porque também estava com fome...”

Alguém se identifica ou já ouviu frases desse tipo em uma família?

Muitas vezes acreditamos que quando as coisas vão bem, elogiar se torna desnecessário. E isso não é verdade. Quando não sabemos o que o outro pensa a respeito de como nos comportamos, deixamos um espaço para construirmos fantasias e fantasmas, baseados nas nossas crenças. Para as crianças, receber elogios é ainda mais importante, porque as ajuda a se sentirem aceitas e a criarem uma imagem de quem elas são e de suas capacidades.

Se o familiar, que supostamente é uma das pessoas que mais nos importa, deixa de olhar para os nossos aspectos positivos e ainda assim bombardeia o nosso relacionamento com críticas e cobranças, imagina qual será o resultado? Conflitos familiares! Esse comportamento faz com que passemos a acreditar que o que fazemos nunca é o suficiente, e que não somos bons o bastante, alimentando o ciclo de mal comportamento pois não somos reconhecidos em nossos bons comportamentos.

Sendo assim, convido você a refletir sobre o quanto tem elogiado e agradecido a todos os membros da família, filhos, marido, esposa. Essa gratidão de quem faz e de quem recebe um elogio é tão positiva e tão transformadora que influencia diretamente (enquanto reforço positivo) na autoestima e comportamento do outro.

“Primeiro eu elogio, depois eu colho os benefícios”. Já ouviu falar dessa regra? Um psicólogo e economista chamado Marcial Losada fez alguns experimentos matemáticos comprovados na prática. Ele criou a Linha de Losada.

Esse experimento diz que para manter qualquer laço humano com a mínima qualidade, uma pessoa deve ter 3 interações positivas com o outro indivíduo. Essas interações podem ser elogios, agradecimentos, expressões, ou até mesmo um tapinha nas costas. E na medida que se tem 3 interações positivas, aí então é permitido que uma seja negativa.

O que seria uma negativa? É uma expressão facial, uma orientação verbal, um  feedback mais duro ou então um pouco de indiferença.

E aí? Eu preciso dar uma orientação mais dura para o meu filho? Eu preciso dar uma orientação mais dura para meu marido para ele  fazer as coisas que precisam ser feitas? Eu preciso estabelecer limites com minha esposa? Sim. Mas também precisa elogiar.

A métrica da Linha de Losada diz que devemos elogiar 3vezes para cada crítica que precisarmos fazer. Caso a quantidade de elogios por crítica seja menor que 3/1 ou acima de 7/1(o que geraria um ambiente de elogio exagerado) o desempenho da pessoa elogiada começa a baixar. E quando você chega a média de um elogio para uma crítica, ou mesmo permanece somente nas críticas, você destruiu toda a possibilidade de um bom relacionamento ou bom resultado no comportamento da pessoa com quem você esta interagindo!

Você quer ver um desempenho de um filho? Veja quantas vezes o pai ou mãe dá elogios ao filho. Quer saber o nível de satisfação e felicidade de um marido ou esposa? Analise o quanto o parceiro o elogia... Se não fosse assim, trabalharíamos apenas com computadores, as pessoas são emocionais e emotivas.

Portanto o elogio, vindo de um membro da família, enquanto energia  positiva, alimenta as necessidades primárias do ego de segurança e aceitação, auxilia no empoderamento pessoal para que as pessoas possam ir em busca dos seus sonhos e lutem por aquilo que desejam ser e alcançar, seja na vida pessoal ou profissional.

Em que tipo de ambiente você prefere estar? Entre pessoas felizes, agradecidas e positivas ou em um ambiente de críticas e reclamações? É muito fácil responder a essa questão. O difícil em muitas famílias é ter uma postura de mais elogios e menos críticas, quando o hábito é sempre criticar e reclamar. Famílias ou pessoas com esse hábito destroem os relacionamentos e a auto estima de todos os envolvidos.

Pense nisso! E caso considere necessário, procure uma ajuda profissional para uma terapia familiar ou de casal. Os benefícios são impressionantes!

 

Psicóloga Cintia Macanhão

CRP 08/10232

 

 

 

 

 

Olá , deixe seu comentário para O "segredo" das famílias felizes!

Enviando Comentário Fechar :/